Estratégias para a introdução de Criatividade em diferentes abordagens de Planeamento de Sistemas de Informação

Vitor Santos, Luís Amaral

Resumo


Neste artigo são propostas estratégias para introdução de criatividade no processo de Planeamento de Sistemas de Informação (PSI), tendo em vista a construção de Sistemas de Informação mais ágeis e eficientes, que permitam, consequentemente, maior competitividade empresarial. Apesar de, a par de outras atitudes, ser desejável que os construtores do PSI mantenham uma postura criativa ao longo de todo o processo de planeamento, e da introdução de criatividade poder ser útil em quase todas as fases, existem alturas específicas onde, a nosso ver, melhor se justifica a introdução intencional e explícita de processos criativos. Assim, neste artigo, procedemos à identificação dos diferentes momentos em cada uma das principais abordagens de Planeamento de Sistemas de Informação onde a incorporação de processos criativos tem maior potencial.

Texto Completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18803/capsi.v12.%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.