Uma abordagem arquitetural

José Gomes, Hélder Quintela

Resumo


A análise de dados de saúde por meio de tecnologias analíticas é uma das principais áreas de tecnologias de informação para a saúde (Healthcare IT), pelos impactos positivos na gestão da saúde pública, qualidade de atendimento, adequação de tratamentos e bem-estar da população. A reutilização de dados registados durante o atendimento e tratamento de pacientes é essencial para investigação clínica, suporte à tomada de decisão, gestão de recursos, monitorização epidemiológica, fármaco-vigilância.

Os dados registados no atendimento e tratamento (em muitos casos ao longo da vida) são potencialmente de grande dimensão em número de registos, de elevada complexidade e de uma grande variedade de tipos (i.e., estruturados, não estruturados, áudio, imagem, vídeo). Por estes motivos existe um interesse crescente no desenvolvimento de sistemas de Big Data aplicados à área da Saúde. O conceito de Big Data surge com o avanço significativo da produção exponencial de dados em quantidade, velocidade e variedade no tipo de dados.

O objetivo deste trabalho consiste na conceptualização da arquitetura de um sistema analítico baseado em tecnologias Big Data adaptado para a área da Saúde, e desenvolver um protótipo que permita validar os conceitos.


Texto Completo:

PDF

Referências


Anuradha, J. (2015). A Brief Introduction on Big Data 5Vs Characteristics and Hadoop Technology. Procedia Computer Science, 48(C), 319–324. http://doi.org/10.1016/j.procs.2015.04.188 Bacelar, G., & Correia, R. (2015). As bases do openEHR, (SEPTEMBER 2015), 42. http://doi.org/10.13140/RG.2.1.3248.9687

Bughin, J., Chui, M., & Manyika, J. (2010). Clouds, big data, and smart assets: Ten tech-enabled business trends to watch. McKinsey Quarterly, 75–86. http://doi.org/10.1109/MC.2012.358

Contributor, C. (2014). CastlightVoice: How Big Data Will Help Save Healthcare - Forbes.

Dean, J., & Ghemawat, S. (2010). MapReduce : Simplified Data Processing on Large Clusters, 1–18. http://doi.org/10.1145/1327452.1327492

DG III – Indústria da Comissão Europeia, I. da C. E. (1996). O que é o Benchmarking.

Ekanayake, J., & Pallickara, S. (2008). MapReduce for Data Intensive Scientific Analysis. Fourth IEEE International Conference on eScience, 277–284.

Hendler, J. (2014), Data integration for heterogenous datasets, Mary Ann Liebert. Inc, Vol 2, No 4., DOI:10.1089/big,2014.0068

Kaplan, D. R., & Norton, D. D. (1996). Balanced Scorecard Basics. Laney, D. (2001). META Delta. Application Delivery Strategies, 949(February 2001), 4. http://doi.org/10.1016/j.infsof.2008.09.005

Lloyd, D., & Beale, T. (2006). OpenEHR Release 1. ISO 18308 Conformance Statement, (09), 51.

Planet Cassanda. (n.d.). NoSQL Databases Defined & Explained | Planet Cassandra.

Quintela, H. (2015). Big Data Caminho para o Sucesso no mercado global. One World.

The Apache Software Foundation. (n.d.). Apache SparkTM. Retrieved from http://spark.apache.org/




DOI: http://dx.doi.org/10.18803/capsi.v16.300-307

Apontamentos

  • Não há apontamentos.